Corpo de músico da banda No Styllo é enterrado

O corpo do músico Sandro Santana da banda No Styllo, foi enterrado por volta das 16h deste sábado, 1º, no cemitério Campo Santo. Santana tinha 28 anos e foi morto na noite de sexta-feira, 30, em Cajazeiras VI.

Segundo um dos produtores da banda, Jorge Luiz Viveiros, ainda não há muitas informações sobre o crime. Ele disse que Santana, que mora em Águas Claras, estava a caminho de um ensaio da banda que acontece toda sexta-feira no estabelecimento A Onda, antigo Malagueta, quando foi assassinado.

Viveiros foi informado pela polícia que o músico teria sido cercado por um gol preto com duas pessoas dentro. Eles teriam se aproximado e disparado três tiros na cabeça do jovem.

O produtor afirmou ainda que o Santana era honesto, trabalhador, fazia dois meses que tocava cavaquinho na banda, sempre aos finais de semana, e era pai de um menino.

A banda terá de cumprir um show já agendado em Feira de Santana na noite deste sábado e o músico será homenageado no show, informou Viveiros.

O A TARDE On Line entrou em contato com a Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, que investiga o caso, mas não obteve informações oficiais sobre o crime.