Dez mil católicos participaram da Caminhada Missionária em Manaus




De acordo a PM cerca de dez mil fiéis participaram do evento.
Para o arcebispo Manaus, evento superou todas as expectativas.

Milhares de católicos participaram da Caminhada Missionária, evento que marcou o encerramento do 2° Congresso Missionário Arquidiocesano de Manaus, neste domingo (30). De acordo com estimativa da Polícia Militar, cerca de dez mil fiéis deixaram a concentração no Largo Mestre Chico rumo à Igreja de São José Operário, na Zona Sul da capital, onde a programação encerrou com uma missão campal

Encerramento do 2° Congresso Missionário Arquidiocesano de Manaus (Foto: Anderson Vasconcelos/G1)
Para o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, o evento superou todas as expectativas de participação de público. “Preparamos um congresso para 1.500 pessoas, mas tivemos 2.000 participantes. E essa caminhada sela a nossa vontade de tornar a Igreja mais alegre, mais feliz e mais entusiasta na sua missão”, disse Dom Luiz em entrevista ao
Durante dois dias, representantes de paróquias e áreas missionárias de todas das zonas da cidade discutiram sobre o tema “A missão renova a igreja, revigora a fé e dá novo entusiasmo”. O resultado dessa reflexão, de acordo o arcebispo, servirá como base para as ações da igreja no período de 2012 a 2015.

De acordo a PM cerca de dez mil fiéis participaram do evento (Foto: Anderson Vasconcelos/G1
Para a integrante da pastoral litúrgica da Paróquia Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos (bairro Betânia, Zona Sul de Manaus), Lourdes Marques, 52 anos, a edição do Congresso deste ano foi mais intensa que a anterior, realizada em 2005.

“Houve mais ardor missionário e os cristãos estão buscando, cada vez mais, se fortalecer, para recomeçar o trabalho nas comunidades”, disse Lourdes, uma das delegadas do congresso. “Quando há missão, há transformação”, arrematou.

Na avaliação de outro delegado do evento, Wallace Freitas, de 24 anos, o encontro serviu para apresentar aos cristãos um novo conceito de missão. “Não precisamos mais deixar a nossa cidade, o nosso Estado, para ser missionário. Na verdade, a missão começa quando saímos de nós mesmos para irmos ao encontro do outro e percebemos Jesus nele”, explicou.

Wallace, que é coordenador da pastoral da juventude da Área Missionária Cidade de Deus (no bairro homônimo, na Zona Leste da cidade), acredita que o interesse do jovem pelo assunto só vem aumentando. “Com a divulgação do tema nas comunidades, teremos mais missionários”, afirmou.

Para o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira, o evento superou todas as expectativas de participação de público (Foto: Anderson Vasconcelos/G1