Japão intervém no câmbio para conter a alta do iene

O governo japonês lançou uma nova rodada de intervenções no mercado de câmbio nesta segunda-feira, a fim de limitar a seguida valorização do iene. A compra de dólares foi confirmada cerca de 20 minutos depois de ter ocorrido, pelo ministro das Finanças, Jun Azumi, mas ele não confirmou a amplitude da operação. A intervenção empurrou o dólar para 78,95 ienes, de cerca de 75,65 ienes antes da medida.

Foi a primeira vez desde 4 de agosto que o Japão entrou no mercado para enfraquecer o iene. A medida veio depois de o dólar ter caído para a menor cotação diante do iene no pós-guerra, a 75,31 ienes no começo das negociações cambiais na Ásia.

Autoridades do governo japonês e líderes empresariais manifestaram repetidamente profunda preocupação com a força do iene e o dano que isso poderia causar à economia, prejudicando as exportações e intensificando a deflação. O governo implementou recentemente uma série de medidas destinadas a mitigar o efeito da alta do iene, mas grandes exportadores aumentaram a pressão sobre Tóquio para fazer mais pelo enfraquecimento da moeda. As informações são da Dow Jones. (Hélio Barboza)

Fonte:A Tarde Oline