Peemedebistas colocam na conta do governo o desempenho ruim nas pesquisas

Se os partidos da oposição estão nos primeiros lugares da pesquisa Ibope, realizada entre os dias 17 e 21 de agosto, com 1008 pessoas no estado, é reflexo das ações do governo, garante o vice-líder do PMDB na Câmara, Lúcio Vieira Lima. Na manhã deste domingo (25), o deputado federal comentou o resultado da pesquisa, que tem seu irmão, Geddel Vieira Lima, na terceira posição, atrás de ACM Neto e Paulo Souto, ambos do DEM. Sem o nome de ACM Neto ventilando entre os candidatos, o presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima teria 30% das intenções de votos. “A pesquisa reflete o momento que a Bahia vive: o desejo de mudança. Um governo que está falido prejudica diretamente a população, principalmente nas grandes cidades. O importante dessa pesquisa é que mostra que a oposição está unida para mudar a situação do estado”. Para o pleito em 2014, a oposição deve lançar um único nome. É o que também garante o parlamentar. “Estamos unidos. Um nome só será lançado, mas ainda não sabemos quem”.