Aviões se chocam no Galeão. Jaques Wagner estava em uma das aeronaves

Na tarde desta quarta-feira (4), dois aviões se chocaram no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, Rio de Janeiro. Um Boeing 777 da Emirates, que taxiava pelo pátio, se chocou com um avião da Gol que estava estacionado. O governador Jaqiues Wagner estava no avião da Gol, viajava sozinho e não se feriu. Segundo a aeronáutica, não houve feridos. Em nota, a Gol informou "que a aeronave que operou o voo G3 1026, trecho Congonhas (SP) – Santos Dumont (RJ), alternou o destino final para o aeroporto de Galeão devido condições meteorológicas em Santos Dumont. Após receber autorização para pouso neste aeroporto e já com a aeronave completamente estacionada na posição 41 (remota), preparando para o desembarque, houve um abalroamento entre a asa de uma aeronave da companhia aérea Emirates e o leme de direção do avião da Gol". Ainda segundo a companhia aérea, os 47 passageiros que estavam a bordo desembarcaram normalmente. "A ocorrência de solo e a aeronave serão avaliadas. A Gol lamenta pelo desconforto causado aos passageiros e ressalta que a segurança de seus clientes e colaboradores é item prioritário em sua política de gestão". Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que irá ivnestigar o caso como "ocorrência de solo". O piloto do voo da Emirates, que saiu de Dubai para o Rio, será ouvido pela Força Aérea Brasileira (FAB).