EM NOTA, LULA ALEGA SER VÍTIMA DE ‘COMPLÔ’

O Instituto Lula divulgou nota nesta terça-feira (29) para rebater as suspeitas levantadas contra o ex-presidente pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. Lula argumenta que não é réu em nenhuma ação. “O ex-presidente Lula não é réu, ou seja: não responde a nenhuma ação judicial que o acuse de ter praticado algum crime.
A denúncia apresentada contra ele por três promotores de São Paulo, notoriamente facciosos, a partir de um inquérito considerado ilegal pelo Conselho Nacional do Ministério Público, não foi aceita pela Justiça. 
 Portanto, não há ação”, afirma o ex-presidente. O ex-presidente ainda afirma que as movimentações ficaram “frenéticas quando ficou claro que as investigações da Operação Lava Jato não o alcançariam”. “Nenhuma conta bancária, nenhuma empresa, nenhuma delação, nada liga Lula aos desvios investigados em negócios milionários com poços de petróleo, navios, sondas e refinarias”. 
A nota, que é bastante extensa e busca esclarecer cada ponto sobre as acusações ao ex-presidente, foi divulgada em 3 idiomas (portugês, inglês e espanhol). Veja a nota na íntegra: