Tite diz que Copa já começou e cobra desempenho dos jogadores

Na véspera da partida com o Equador, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Tite avisou os jogadores da seleção publicamente nesta quarta-feira: apesar de o Brasil já estar classificado para o Mundial da Rússia, no próximo ano, a cobrança por bom desempenho seguirá a mesma. Como vem dizendo desde que o País confirmou sua classificação, “a Copa já começou”. O treinador, que confirmou William no lugar de Philippe Coutinho, foi bem direto. “Tenho que fazer ajustes e a equipe se consolidar. E botar pressão. Eles (jogadores) estão pressionados porque o técnico quer desempenho, quer que joguem bem e sejam competitivos. Esse compromisso e essa pressão foram ditas a eles, e agora estão colocados publicamente”, afirmou Tite, logo após comandar o último treino antes da partida na Arena Grêmio. Tite insistiu que a cobrança por desempenho permanecerá até a Copa e comentou que precisa achar um equilíbrio entre fazer mudanças e consolidar a equipe. “O limite entre fazer o novo e não ter tempo hábil para confirmar é desafiador. Começamos a fazer algumas modificações, como usar o Coutinho por dentro e ter dois jogadores agudos. Ou em algum momento ter Fernandinho e Casemiro no 4-2-3-1”, exemplificou Tite. “Mas não posso fazer loucuras ou transformar a engrenagem.” Sobre o fato de o jogo ser em Porto Alegre, ele negou qualquer chance de colocar o atacante Luan para simplesmente agradar a torcida da casa. “Se eu quiser agradar todo mundo, vou desagradar minhas convicções. Estaria sendo incoerente e injusto”, afirmou, não descartando, contudo, colocar o jogador do Grêmio como forma de alterar o jeito de atuar da equipe na etapa final. Como já fizera na chegada a Porto Alegre, no domingo, Tite declarou que jogar em casa é especial. “Mas me põe uma pressão ainda maior”, disse o técnico. Dentre os torcedores, estarão dezenas de familiares e amigos. “Tomara que eu me controle bem.”